Vícios de linguagem: o que é e por que devem ser evitados na redação?

Os vícios de linguagem são expressões que vão contra à norma culta da língua portuguesa, sendo um dos principais erros de redação.

Conteúdo produzido por Corrija-me - Correção de Redação Em Redação Dissertativa

Os vícios de linguagem são expressões ou construções linguísticas que vão contra às normas gramaticais. Eles ocorrem em função da falta de atenção do indivíduo na hora de realizar uma pronúncia ou escrita. Ou ainda, por sua falta de conhecimento à norma culta.

Esses vícios podem ser classificados como ambiguidade, barbarismo, cacofonia, hiato, estrangeirismo, eco, colisão, pleonasmo, solecismo, plebeísmo, arcaísmo, preciosismo e parequema. Portanto, o ideal para não cometer esses erros é estudar a gramática e treinar bastante a norma culta.

escrita

Para ajudá-lo a construir uma boa redação, vamos explicar o que são vícios de linguagem. Por isso, continue acompanhando e compreenda melhor o assunto.

Afinal, o que são vícios de linguagem?

Como dissemos no início, eles são expressões ou construções linguísticas que contrariam a norma culta da língua portuguesa. Esses desvios acontecem devido à falta de atenção ou desconhecimento do aluno a respeito da escrita. Portanto, a tendência é repetir esses erros, tornando esse comportamento vicioso.

Classificação dos vícios de linguagem

escrevendo

Abaixo, vamos classificar e explicar os vícios de linguagem. Confira:

Ambiguidade

É o famoso duplo sentido não intencional. Ele acontece quando o aluno não ter uma percepção quanto a um possível sentido indesejado que afeta a exposição de ideias. Observe o seguinte exemplo: “Lindalva, vi Neide no shopping com sua irmã!” Afinal, era irmã de Neide ou de Lindalva?

Barbarismo

linguagem vícios

Uso incorreto devido à pronúncia, escrita ou seu significado. Por exemplo, o uso da palavra “pobrema” quando o certo é problema, “infração” ao invés de inflação ou “imbigo” sendo que o correto é umbigo.

Ao escrever, o candidato também pode trocar letras. Veja no exemplo abaixo:

No Natal, as pessoas costumam fazer arroz com uva paça.

Na verdade, a palavra correta é usa passa.

Cacofonia

É quando usamos palavras que geram um som desagradável. Normalmente, dando um sentido um pouco ridículo ou até mesmo obsceno. Veja alguns exemplos:

A criança estava aqui perto! Cadê ela, gente?

Observe que o “cadê ela”, quando pronunciado rapidamente, soa como “cadela”.

Você não me ama nada.

O “ama nada” quando falado rápido soa como “manada”.

Estrangeirismo

Um dos vícios de linguagem mais comuns é substituir uma palavra em português por uma em inglês. Por exemplo:

Fique espantada quando vi o outdoor. (outdoor = cartaz)

Falam por aí que o Jorge é um gentleman. (gentleman = cavalheiro)

Você já conheceu o boy da Suelen? (boy = namorado)

Hiato

redação linguagem

Ocorre quando há a repetição de vogais idênticas.

Por exemplo: Hoje vou olhar o filho do Oswaldo.

Muitos O em uma mesma frase, não é mesmo?

Colisão

Repetição de consoantes, que pode ser idêntica ou semelhante.

Por exemplo: Não quero que você queira quem não te quer.

A consoante que predominou na frase.

Eco

Esse vício de linguagem ocorre quando há uma rima não intencional.

Na frase: “Na verdade, a maioridade traz responsabilidade e não liberdade ao cidadão.” Note que o uso constante do “dade” gera esse eco, a sensação de rima.

Pleonasmo

Quando ocorre a repetição não intencional de uma ideia. Por exemplo:

Ele estava muito irritado quando entrou para dentro de casa.

Se ele entrar, é óbvio que é para dentro!

Outro exemplo: “Rita assistiu apenas às aulas vespertinas da tarde. A palavra vespertina já indica o período da tarde.

Correção de redação

Solecismo

Esse vício de linguagem ocorre quando há a inadequação sintática referente à:

  • Concordância: “O motorista disse que só falta três minutos para chegar.” O certo seria faltam;
  • Regência: “Amanhã, vou chegar na casa da minha avó lá pelas sete da noite”. O ideal é à casa da minha avó;
  • Colocação: “Meus pais preocuparam-se comigo se eu não ligar agora para eles.” O certo na frase é preocupar-se-ão.

Preciosismo

Quando usamos uma linguagem rebuscada, artificial ou afetada.

Por exemplo: “Tais conhecimentos pretéritos não impediram que o colóquio entre os amantes fosse perpetrado.”

Os preciosismos foram:

  • Pretéritos: passados;
  • Colóquio: conversa;
  • Perpetrado: realizado.

Aulas ao vivo de redação

Plebeísmo

Esse é um dos vícios de linguagem que mais afetam uma prova de redação. Afinal, é quando ocorre o uso de gírias ou expressões mais populares.

Veja: “O cara chegou e já pode opinar sobre o funcionamento da loja?”

A palavra cara pode ser substituída por “indivíduo” ou “pessoa”.

Outro exemplo: “Você foi embora e deixou esse pepino nas minhas mãos.

O termo pepino deve ser alterado por “problema”

Arcaísmo

Uso de expressões que não são mais usuais na língua portuguesa, embora já tenham sido comuns no passado. Por exemplo: “Todas podem, outrossim, prestar uma queixa formal.” A palavra outrossim pode ser substituída por também.

Parequema

é a repetição de um som ou de uma sílaba no final de uma palavra e no começo de outra sequencialmente. 

Veja o exemplo: “É bom que a ação do Estado seja já”. Existe parequema em “seja já”.

Dê adeus aos vícios de linguagem com o Corrija-me

redação vícios

Você viu quantos vícios de linguagem existem? Em algum momento, com certeza, você já se deparou com algum deles em sua frente, seja no momento de falar ou de escrever. Portanto, somente estudando e praticando a redação é que conseguimos corrigi-los.

Com o Corrija-me você tem à sua disposição uma equipe de corretores e professores para ajudá-lo a dar adeus aos vícios de linguagem. Temos a maior e melhor plataforma de estudos de redação do Brasil!

O nosso objetivo é fazer você passar na redação de qualquer prova que fizer. Afinal, a norma culta é possível ser escrita com excelência, basta praticar para que as redações fluam.

Dentro da nossa plataforma de redação você vai encontrar:

  • Área para enviar suas produções de texto para a correção. Você pode enviar quantas quiser e todas serão corrigidas e o feedback informa seus erros e acertos;
  • Acesso a aulas ao vivo para correção das principais provas de redação do Brasil;
  • Vídeos tirando as dúvidas dos alunos;
  • Material de apoio para auxiliar na produção de texto.

Nossos corretores são os melhores e a nossa plataforma é a mais completa para você estudar e dar adeus aos vícios de linguagem. Muitas vezes, eles passam despercebidos, por isso, é importante contar com a ajuda de pessoas que vão ler sua redação e dar um feedback detalhado e personalizado. Assim você saberá onde precisa focar e treinar mais.

Venha conhecer a mais completa plataforma de correção de redação! Clique aqui

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.