Tema da redação da Fuvest 2019

“De que maneira o passado contribui para a compreensão do presente?” foi o tema da redação da Fuvest 2019. Mais de 35 mil candidatos escreveram sobre o tema, que levantou a reflexão sobre a importância dos historiadores e da preservação das memórias para um melhor discernimento das agitações contemporâneas.

Conteúdo produzido por Corrija-me - Correção de Redação Em

“De que maneira o passado contribui para a compreensão do presente?” foi o tema da redação da Fuvest 2019. Juntamente com outras dez questões de língua portuguesa, os mais de 35 mil candidatos realizaram essa prova, que é a porta de entrada para a Universidade de São Paulo (USP).

Os textos de apoio, junto com a proposta da redação, evidenciaram a importância do trabalho dos historiadores. Dessa forma, os candidatos foram convidados a refletir sobre os meios de preservação da memória. 

Assim sendo, entenda agora um pouco mais sobre o tema da redação da Fuvest 2019. Além disso, veja como esse tema pode auxiliar nos seus estudos para melhorar as suas habilidades de redação! Confira! 

O tema da redação da Fuvest 2019: “De que maneira o passado contribui para a compreensão do presente?”

Redação da Fuvest

A Fuvest é a instituição responsável por aplicar as provas de vestibular que dão acesso à Universidade de São Paulo. A prova de redação é aplicada na segunda fase do processo seletivo.  

A prova de redação da Fuvest propõe a realização de um texto argumentativo-dissertativo, assim como a redação do Enem. Entretanto, no caso da Fuvest, não é necessário fazer uma proposta de intervenção ao final do texto. 

Em 2019, o tema trazido foi “De que maneira o passado contribui para a compreensão do presente?”. Este levantou questões referentes à preservação da memória coletiva e evidenciou a importância do trabalho dos historiadores. 

Assim sendo, os candidatos precisaram discorrer sobre os motivos que fazem o estudo e a compreensão da história serem tão importantes. Para isso, cabem dentro do texto reflexões sobre promover o desenvolvimento cultural, a preservação do patrimônio histórico e artístico, entre outros. 

Alguns links  da Fuvest:

Em um país como o Brasil, com um passado escravocrata, por exemplo, compreender a história, por mais que ela seja negativa, é o primeiro passo para entender certos aspectos da atualidade – nesse caso, o racismo. 

Além disso, entender os erros e preservar a memória social também impede que as mesmas atitudes erradas sejam tomadas novamente. 

Todo esse trabalho é realizado e incentivado pelos historiadores – o que mais uma vez relembra a importância dessa profissão. Assim, vemos como a preservação da história social influencia em questões políticas, artísticas e sociológicas. 

Como se preparar para o vestibular utilizando o tema da redação da Fuvest 2019

Tema da redação da Fuvest

A prova da Fuvest é bastante concorrida, por isso a redação é uma etapa muito importante, e tirar uma boa nota pode ser um ponto crucial para a aprovação. 

Além de manter as leituras em dia, acompanhar as notícias do país e estudar a aplicação da língua portuguesa e suas regras, praticar a escrita em formato de redação é o ideal para se preparar bem para o vestibular. 

Dessa forma, utilizar o tema da redação da Fuvest para praticar a redação pode ajudar você a se preparar melhor. Além de desenvolver as habilidades de escrita e argumentação, o candidato também passa a conhecer um pouco mais sobre a prova. 

Temas de redação

Além do tema de 2019, se você deseja escrever sobre mais assuntos relacionados ao vestibular da Fuvest, confira essa lista especial do Corrija-me: 

  1. Embranquecimento de personalidades e apagamento da identidade étnica;
  2. Invisibilidade da mulher na história;
  3. Costumes como delimitadores da percepção moral;
  4. Iconoclastia contemporânea: entre a reparação histórica e o vandalismo;
  5. Mobilização social através da internet e luta pela manutenção da democracia;
  6. As mudanças como fundamentais para o amadurecimento pessoal;
  7. Esterilização feminina: Entre a liberdade e a opressão das exigências sociais;
  8. Diante da perversidade da ambição humana, ainda há espaço para o altruísmo?
  9. Reconstrução histórica como processo de desmistificação do passado;
  10. A cultura do cancelamento: O “tribunal” das mídias sociais.

Se você quer aprender um pouco mais sobre como funciona a redação da Fuvest e sobre os critérios de avaliação utilizados pela banca, confira esse vídeo especial da Corrija-me: 

Como se preparar para a redação da Fuvest? 

Como já foi citado anteriormente, praticar a redação é o principal método que ajuda um candidato a estar bem preparado! Para isso, existem algumas atitudes que podem ser tomadas. 

Por exemplo, ler e se manter atualizado sobre os mais diversos temas é essencial. Da mesma maneira, é recomendado redigir pelo menos uma redação por semana. Dessa forma, o candidato se acostuma a refletir sobre diversos tópicos e colocar as suas ideias no papel. 

Se você quer estar ainda melhor preparado, contar com a ajuda dos melhores professores de redação, ter dicas exclusivas e melhorar seus textos cada vez mais, precisa conhecer a Corrija-me! 

Essa é uma plataforma exclusiva de correção de redação, que já ajudou milhares de pessoas a conquistarem a tão sonhada vaga através de uma excelente nota na redação. A Corrija-me conta com cursos específicos de preparação para a prova da Fuvest!

Suas redações são corrigidas seguindo os critérios de avaliação da prova. Crie agora mesmo o seu cadastro grátis, e saiba mais sobre esse trabalho incrível que pode te ajudar a alcançar uma nota espetacular na redação! 

Clique aqui para fazer o seu cadastro e conhecer mais sobre a Corrija-me! Confira também os outros posts do blog, que sempre traz muito conteúdo sobre os principais vestibulares do país, e dicas exclusivas de língua portuguesa e redação!

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *